Laboratório para caracterização e gestão de resíduos sólidos é inaugurado em Presidente Prudente

  • 23/06/2022
(Foto: Reprodução)
Espaço, na Unesp de Presidente Prudente (SP), deve atender empresas, prefeituras e todas as pessoas que necessitarem de análise de materiais. Unesp Presidente Prudente, Universidade Estadual Paulista, campus de Presidente Prudente Arquivo/ g1 A Universidade Estadual Paulista (Unesp), campus de Presidente Prudente (SP), inaugurou nesta quarta-feira (22) o Laboratório de Caracterização e Gestão de Resíduos Sólidos. O espaço deve atender empresas, prefeituras e todas as pessoas que necessitarem de análise de resíduos. O laboratório foi implantado com recursos financeiros provenientes do Acordo Judicial celebrado entre o Ministério Público Federal (MPF), o Ministério Público do Estado de São Paulo (MPE-SP) e a Companhia Energética de São Paulo (CESP), na modalidade Projetos Socioambientais. O acompanhamento da execução físico-financeira do projeto foi realizado pela Caixa Econômica Federal. De acordo com o professor doutor Sílvio Rainho Teixeira, “a proposta do trabalho é atender todas as empresas, prefeituras e todas as pessoas que necessitarem de análise de resíduos para reaproveitamento ou mesmo para destinação final, que você precisa saber o que tem no resíduo, por isso a caracterização”. A importância de conhecer os componentes do resíduo é a possibilidade de realizar sua gestão correta. Além disso, se reutilizado o material e o resíduo, diminui a extração dele do meio ambiente. Unesp inaugura laboratório de resíduos sólidos em Presidente Prudente Mais informações e agendamento pelos telefones: 3229-5737 e 3229-5741. O começo O projeto nasceu como resultado de pesquisas já desenvolvidas há décadas com argilas dos solos e resíduos produzidos na região. Além de vislumbrar um laboratório que contemplasse técnicas de caracterização para atender às demandas das pesquisas já realizadas, a edificação traria uma ampliação nas linhas de pesquisas e abriria portas para atender a um público diversificado, indo além do âmbito acadêmico. Atualmente, este laboratório é pioneiro em atender às necessidades das empresas da região para fazerem uso de diversos tipos de análises e caracterizações em diferentes materiais residuais. Serão executadas caracterizações físicas e químicas de resíduos, que são imprescindíveis para se conhecer os riscos proporcionados ao ser humano, ou ao meio ambiente, e para sua reciclagem ou disposição final. As pesquisas desenvolvidas por professores e alunos que participam do Laboratório, irão gerar ações que contribuam com o processo de tratamento de resíduos, através de seu aproveitamento como matéria prima industrial e redução de seu descarte no meio ambiente. Importância O tratamento de resíduos, além de mitigar problemas ambientais, como a contaminação do solo, águas superficiais e o lençol freático, apresenta um caráter social, que é a redução de problemas de saúde e de vetores transmissores de doenças, desenvolvidos nos locais de descarte irregulares. A reutilização de subprodutos de atividades industriais e domésticas reflete diretamente na redução do consumo de energia e na emissão de gases de efeito estufa, além de ampliar o tempo de vida útil das reservas de matéria prima. Os resultados das pesquisas na área ambiental, em desenvolvimento no DFQB/FCT, além de gerar informações e dados sobre o tema contribuem na formação de recursos humanos através de trabalhos de iniciação científica e de pós-graduação (mestrado e doutorado). Neste projeto foi proposto a implantação de uma infraestrutura física de pesquisa e desenvolvimento (P & D) na qual serão congregados laboratórios, equipamentos e pesquisadores que atuam nas áreas de engenharia, física e química aplicada ao meio ambiente, visando atender a comunidade regional através da caracterização, direcionamento para disposição final e transformação de resíduos em matéria prima ou produto útil à sociedade, que seriam depositados ou descartados no meio ambiente. Este laboratório permitirá outras ações, além das apresentadas, que podem ser importantes para a região, como por exemplo: análise de solos e de argilas utilizadas para a produção de materiais cerâmicos; cursos de formação para gestores, catadores, recicladores e trabalhadores em geral, sobre gestão, reciclagem, agregação de valores aos recicláveis e educação ambiental. Poderão ser desenvolvidos projetos e material didático de apoio aos municípios envolvidos no projeto "Coleta Seletiva e de Rede de Reciclagem Solidária", com os objetivos de: Esclarecer os gestores municipais a respeito da situação dos projetos apresentados em atendimento às “Diretrizes Básicas para Projetos de Coleta Seletiva e Educação Ambiental”, no âmbito do acordo MP/CESP; Incentivar técnicos e gestores municipais, catadores de materiais recicláveis e outros parceiros a desenvolverem atividades conjuntas para o gerenciamento de resíduos sólidos urbanos em cada município, especialmente na organização de catadores de materiais recicláveis, na implantação de coleta seletiva e processos básicos para agregar valor ao material reciclável e melhorar a renda destes trabalhadores; Contribuir para melhoria da qualidade ambiental e da qualidade de vida na região, com geração de trabalho e renda, e na disseminação de ações embasadas na Educação Ambiental. Unesp de Presidente Prudente realiza pesquisas com resíduos sólidos VÍDEOS: Tudo sobre a região de Presidente Prudente Veja mais notícias em g1 Presidente Prudente e Região.

FONTE: https://g1.globo.com/sp/presidente-prudente-regiao/noticia/2022/06/23/laboratorio-para-caracterizacao-e-gestao-de-residuos-solidos-e-inaugurado-em-presidente-prudente.ghtml


#Compartilhe

Aplicativos


Locutor no Ar

Anunciantes